O projeto "Entre a Cruz e a Caldeira" tem como principal objetivo a produção de um filme de ficção curta-metragem a ser realizado em vídeo digital de alta definição (HD) e lançado, primordialmente, na TV fechada, DVD e Internet.

De forma bem humorada, o filme mostra o último dia de vida de um brasileiro comum onde ele é avaliado por anjos do céu e do inferno que decidirão o destino de sua alma. Cada cena é um retrato daquelas faltas cotidianas que cometemos e que, pouco à pouco, afundam nossa sociedade no caos. A ideia inicial é envolver os jovens com as questões propostas, buscando atingir no futuro de nossa sociedade as bases necessárias para uma mudança sólida de comportamento, criando um vínculo de comprometimento na raiz da questão.

"Entre a Cruz e a Caldeira" é um filme de desabafo. Foi a forma encontrada pelo autor para protestar quanto a falta de humanidade da sociedade como um todo, principalmente a brasileira e sua cultura de levar vantagem em tudo.

Na produção propriamente dita, além de todo o esmero na construção da narrativa, serão utilizados recursos de ponta onde várias cenas farão uso de efeitos visuais e digitais com o intuito de levar o espectador muito mais próximo do clima que se busca estabelecer, exponenciando seus resultados.